sexta-feira, maio 25, 2007

E no Rio de Janeiro...







... eu por aqui,
em eternos sarais de meus ais e exclamações dessas novas cores que me coram a face
a cada passo dançado dessa bossa carioca!
Sopra pelas janelas de mim o calor dessa menina, mais mulher,
observadora e encantadora dos novos seres que amadurecem nesta prece de ser inteira, íntegra, trágica e bela!
Nesta intensa atividade de velar a lua e o sol para saber acolher o brilho que deles reflete em mim.
E não saber nada...
Deixar me ao léu,
ao azul do céu do arpoardor,
devanear em meus desejos e observar
chegar o amor por este lugar!
O romantismo me seduz,
a poesia de Vinícius me desarma com sua língua ardente,
e o samba de uma tal cuíca que toca no meu terreiro
sabe bem o tom do meu desatino...
Ah Rio! Tu es divino!

2 comentários:

Rafael disse...

oi camila.
minoro de passagem...
bjos e boa sorte ai no rio!
acaba não mundão...!

Zamba disse...

Me sinto nesse rio contigo
Navego nesse rio amigo
No desatino da rapaziada, destino
Menina, mulher, homem, menino...

Grandíssimo abraço do seu amigo, nega! Merije